O vestibular da Unesp mudou em 2021. Você quer as melhores dicas para arrasar na prova e na redação? Vem com a gente!! – Pontue – Aprendizagem Inteligente

O vestibular da Unesp mudou em 2021. Você quer as melhores dicas para arrasar na prova e na redação? Vem com a gente!!

As provas da primeira fase da Unesp serão nos dias 30/01 (candidatos da área de Biológicas) e 31/01 (candidatos de Exatas e Humanas), e a segunda fase acontecerá no dia 28/02 (apenas um dia, com 60 questões teste e redação). O prof. Edu Zenon bateu um papo com Márcia Benzatti e Juliana Simões Freitas, técnicas de avaliação educacional na Fundação VUNESP, sobre as questões mais importantes desse novo formato, e trouxemos aqui uma síntese dessa conversa show. Bora lá?

Quais as principais mudanças da primeira e segunda fases?

  • Essa é a segunda mudança em mais de quarenta anos de vestibular da Unesp, pois o exame não pode surpreender o candidato. Existe um planejamento de muito tempo para alterar alguma composição da prova, mantendo sempre a essência da Unesp;
  • As alterações para a prova de 2021 foram feitas de forma paliativa, para não prejudicar nenhum de vocês na realização do exame, ok? Unesp sendo Unesp;
  • A principal alteração está no modelo da prova: a primeira fase, de conhecimentos gerais, com 90 questões, será aplicada em dois dias, como medida para tentar reduzir a aglomeração e a quantidade de alunos por sala de aula. Com as provas em 30 e 31 de janeiro, no primeiro dia vão prestar os alunos que escolheram a área de ciências biológicas, e, no segundo, os vestibulandos que querem as áreas de humanas e exatas.

ATENÇÃO: você não precisará de ir nos dois dias da primeira fase, ok?

  • A segunda fase vai contar com 60 testes (não mais as 36 questões abertas dos modelos anteriores) e a redação.

A prova de redação: por que o modelo dissertativo?

A redação é, e continua sendo, bastante importante no vestibular, e a Juliana, durante a conversa, afirmou que a Unesp mantém a característica de apresentar temas atuais, provocativos e socialmente relevantes: “O recorte tem a preocupação de trazer textos motivadores, de diferentes gêneros e linguagens, mas também temos o cuidado em não esgotar todos os argumentos ali na prova, para dar oportunidade de o candidato lançar mão do seu próprio repertório na produção do texto. Nós oferecemos subsídios para ele argumentar, mas também deixamos que ele exponha seu repertório dentro do texto”.
Na dissertação, portanto, argumenta-se sobre um tema, e, quer saber, você desenvolve a argumentação desde sempre (seja para convencer sua mãe a comprar aquele doce no supermercado quando criança, deixá-lo(a) ir à festa com os amigos, ou convencer seus pais de que você quer prestar Engenharia ao invés de Direito, por exemplo).
Na universidade, a dissertação continua essencial: “O ambiente acadêmico no qual o candidato pretende ingressar vai exigir muito a elaboração de textos orais e escritos bem articulados, com posicionamentos assumidos, organização do pensamento e argumentos bem fundamentados, a apresentação de fatos e evidências (e não de achismos), além da adequação da linguagem ao contexto. As práticas cotidianas vão exigir isso do candidato. Então, se preparar para isso já é algo também para a vida”, diz Juliana.
Bora então praticar essa argumentação em um texto escrito, não é? Até porque, depois de se formar, você precisará argumentar muito bem para conseguir aquela vaga no emprego e o aumento de salário. Prioridades mudam…

Cuidar do emocional faz parte do preparo para a prova, viu?

2020 foi um ano fácil? Never. Então, nada de se preocupar só com matéria e temas de redação.
O lado emocional, na hora de prestar qualquer vestibular, é de extrema importância, pois, muitas vezes, “o candidato até sabe a resposta correta, mas, por conta do seu estado naquele momento, não consegue desenvolver”, explica Márcia.
A prova de vestibular já gera ansiedade em um contexto sem pandemia, já que o tempo para responder às questões e fazer a redação é restrito. Assim, é claro que esse sentimento aumentou no contexto de isolamento social pelo qual estamos passando. Vamos deixar, então, o link de uma live com o prof. Edu e a psicóloga Júlia Leme sobre como lidar com as emoções nesse ano “atípico”, para usarmos um eufemismo.

Como lidar com o emocional?

Quer ver a entrevista com a Márcia e a Juliana na íntegra, saber muito mais detalhes sobre o que muda no vestibular Unesp 2021, como ele é desenvolvido e pensado, e, também, ficar mais por dentro desse exame?
Então, corra para o nosso canal do Youtube, que a Pontue preparou uma surpresa para você. Essa entrevista estará disponível no nosso canal, dividida em três episódios, e você já pode conferir o primeiro clicando aqui. Corra e aproveite!

 

Compartilhe este Artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on skype
Share on telegram
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados:

Rua Olavo Bilac, 1461 – Jardim Sumaré – Ribeirão Preto – SP, 14025-400 | CNPJ: 28.776.766/0001-81

Somos por Educação e Tecnologia

Trabalhe Conosco

Todos direitos reservados à Pontue® – Design & Dev by Pompz Artes

Planos & Preços
para Estudantes

ou

Planos & Preços
para Escolas

Plano Mensal Enterprise

Quantos alunos você tem?

R$ 5,90 por aluno

Plano Mensal Básico
Quantos alunos você tem?

R$ 2,90 por aluno

Muito Obrigado!

Seu cadastro foi enviado com sucesso. Agora é só aguardar mais novidades na sua caixa de email!